MARINGÁ

BASTIDORES DE UMA CIDADE

URBANA

A construção e consolidação de uma cidade é realizada por diversos atores, tanto do setor privado, quanto do setor público. O projeto Maringá Urbana – bastidores de uma cidade, vem com o intuito de dar voz e nome àqueles que se dedicam ou se dedicaram, ao longo de suas trajetórias profissionais, à prestação de serviços no setor público para a construção da nossa querida Cidade de Maringá. Assim sendo, publicaremos entrevistas em nossa página do Youtube, com diversos funcionários e ex-funcionários que trabalham (trabalharam) em prol da construção de nossa cidade, para que fique o registro de quem são e o que fizeram aqueles que trabalham nos bastidores de uma cidade.

CONVIDADO: FORTUNATO RUBIM

Fortunato iniciou os seus trabalhos perante a Prefeitura de Maringá ainda na década de 1980. Atuou como desenhista copista, detalhista e projetista e atualmente é analista de projetos, sendo o gerente do setor e coordenador. Participou da elaboração de dois planos diretores municipais, do desenho parcial de várias obras do município, inclusive do projeto do Paço Municipal. 

CONVIDADA: MIKA YADA NOGUCHI

Mika formou-se em Arquitetura e Urbanismo pela PUC-PR e, após algumas experiências de trabalho no setor privado, iniciou a sua trajetória como arquiteta e urbanista da Prefeitura de Maringá na década de 1990, até a sua aposentadoria, em 2013, do cargo que ocupava como servidora pública. Após um período, retornou ao serviço público como diretora da Seplan, onde permaneceu por 6 meses. Foi responsável por diversos projetos da cidade de Maringá, como o terminal de passageiros do aeroporto, pavilhão de exposições, bem como participou da equipe que orientou a empresa que elaborou o Plano Diretor de Maringá que está vigente até os dias atuais. “A prefeitura é uma escola. Você não aprende nada do que tem na prefeitura lá fora. Você tem que aprender por si, e aprender para os outros.”

CONVIDADA: JOCELEI TOZETTO MENON

Atuou na extinta Urbanização de Maringá S/A – URBAMAR em 1993, onde participou do rebaixamento da linha férrea, que hoje passa sob a Avenida Horácio Raccanello Filho, ficando na S/A até o ano de 2003. Em 2003, concursada pela prefeitura de Maringá, participou das equipes de projeto e fiscalização de Unidades Básicas de Sáude (UBS), Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI’s), Escolas Municipais e Salões Comunitários. Fez parte também da fiscalização e acompanhamento de obras do Parque do Japão. 

“A gente não deixa legado, a gente recebe!”.

CONVIDADO: FABIANO ALESSANDRO TROJAN

Alessandro trabalha na Prefeitura de Maringá desde 1994, como auxiliar de agrimensura. Atuou muitos anos no trabalho em campo, e atualmente é o gerente do setor de topografia.
Entrou na prefeitura já na época da construção do novo Aeroporto. Além do aeroporto, participou de inúmeras outras obras da cidade, como o Teatro Calil Haddad, a nova rodoviária, a implantação do Novo Centro, Parque do Japão, dentre outras.
“É gratificante quando você inicia um trabalho, seu nome não sai, não aparece, mas você vê a coisa acontecer, você vê o município progredir!.”