SOMOS TODOS RESPONSÁVEIS

No intuito de contribuir para redução da emissão do dióxido de carbono e focado no desenvolvimento urbano sustentável e alinhado com a tendência mundial, a Prefeitura de Maringá e Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Maringá reconhecem a importância de adotarem medidas para reduzir e compensar a emissão de carbono. Nesse sentido, iniciando uma nova fase do IPPLAM, onde todos os eventos realizados terão a emissão de carbono (CO2) compensada.


No dia 9 de setembro de 2021, o IPPLAM realizou a 10ª audiência de Revisão do Plano Diretor de Maringá e para equilibrar o impacto ao meio ambiente, como o uso de papel, técnicos do Instituto realizaram o cálculo da emissão de Carbono durante a preparação e a realização da audiência. O resultado foi de 0,27 tCO2, sendo que, para neutralizar essa emissão deverão ser plantadas o equivalente a 1,65 árvores.


A contemplação do plantio marca justamente o início da Semana da Árvore, em parceria com a Secretaria Municipal de Limpeza Urbana foram plantadas cinco árvores, que contribuem mais do que um ato simbólico o feito de real ação de diminuição a emissão de dióxido de carbono.


Essa é mais uma iniciativa do IPPLAM e da Prefeitura de Maringá que demonstra a preocupação e responsabilidade ambiental da gestão Ulisses Maia.