Prefeitura de Maringá contribui com formulação de plano de desenvolvimento regional


Em reunião na Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim), foi apresentado a membros da Prefeitura de Maringá a Proposta de Governança da Região Noroeste, encaminhada pela Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Norte e Noroeste do Paraná (Cacinor) e Codem na tarde desta quarta-feira, 27.

O secretário de Inovação, Aceleração Econômica, Comunicação e Turismo de Maringá, Marcos Cordiolli, e a diretora-presidente do Ipplam - Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Maringá, Bruna Barroca, participaram da reunião. A economista do Ipplam, Paloma Carpena, também esteve presente.

Eles fizeram considerações importantes neste processo de implantação de um grande conselho gestor, que pensará e executará estratégias de desenvolvimento econômico regional, envolvendo quase 60 municípios do Norte e Noroeste do Estado.

"Nossa sugestão foi também envolver neste grandioso projeto a Ocepar e o chamado G7, um dos maiores grupos de liderança de entidades do nosso Estado", disse Cordiolli.

UNIÃO - O convite se deu pelo presidente da Cacinor, Rafael Canali, que agradeceu o apoio da Prefeitura de Maringá.

“É muito importante esse diálogo que temos na gestão municipal, que é essencial principalmente na área de elaboração de bons projetos, por meio do Ipplam e das diretrizes da Secretaria de Inovação e Aceleração Econômica”, disse o presidente da Cacinor.


Juliana Franco, do Codem, explanou as cinco etapas previstas no plano para estimular a economia de Maringá, região metropolitana e demais municípios.

“O primeiro passo é sensibilizar as entidades de classe e o poder público, para garantirmos condições de se criar um conselho gestor executivo e tirar do papel este importante projeto que busca garantir, por meio de muita união, o desenvolvimento regional, o que é bom para Maringá e para todas as cidades ao redor”, disse Juliana.

16 visualizações0 comentário